• WEE

os processos encantam

Eu sempre gostei de processos. Sempre me encantei por acompanhar alguma obra perto de casa dia após dia, vendo os andares aumentarem pouco a pouco; por ver, a cada 3 min, um bolo crescendo no forno; um time-lapse de pôr do sol, que exalta como as cores do céu mudam…


Acho que por gostar tanto de processos, sinto um prazer enorme em fazer parte deles, principalmente. Por isso, queria compartilhar com você como uma joia da WEE é desenvolvida e seus encantos de cada processo.


Bem, muito antes de qualquer esboço de uma peça vem uma grande pesquisa. Esse estudo muitas vezes é norteado por alguma influência que tivemos ou alguma vivência nossa. Eu, que sou nostálgica por natureza, sempre me envolvo muito nessa parte, como que se estivesse vivendo toda aquela lembrança de novo.


Com todas essas sensações, emoções e informações internalizadas, começamos a transferir para o papel. Essa fase costumamos fazer separados. Digo separados eu e o Vinícius, para termos visões diferentes. Assim, quando nos juntamos para apresentar esses esboços, temos uma troca muito enriquecedora, com olhares diferentes sobre um mesmo “tema”.


Depois de alinharmos e definirmos os esboços que irão para frente, vamos dizer assim, damos início aos desenhos técnicos. Que basicamente são desenhos bem detalhados e com todas as informações necessárias para a produção da peça no ateliê. Aqui, levamos muito tempo desenhando, ampliando detalhes, buscando por resoluções que funcionem melhor em cada peça, prevendo possíveis questões que possam surgir… Agradeço à arquitetura por ter nos dado essa base tão boa, aliás.


Com esses desenhos prontos, corremos para o ateliê que nem criança quando quer comer logo o brigadeiro da festa sabe? Até porque estamos próximos de ver o que desenvolvemos com tanto afeto!


Quando o protótipo fica pronto então… Eu particularmente não me aguento e queria já sair usando e mostrando para todo mundo. MAS, o protótipo serve para analisarmos a peça como um todo e seus detalhes, por isso acabo usando por dias também. Vemos o peso dela, afinal uma peça muito pesada pode ser algo incômodo; afinamos detalhes e/ou mudamos alguns que no papel estavam legais, mas na peça em si não é tão legal assim; decidimos sobre o acabamento, se será polido, acetinado, fosco, com textura; analisamos se o tipo de cravação que havíamos pensado está funcionando e favorecendo a pedra… Enfim, essa etapa é regada por muita informação técnica também, que envolve tanto a parte do metal, quanto das pedras. É quando todas as “partes” envolvidas na produção da peça se alinham para produzir então a peça final. Claro, que, normalmente, são necessários vários protótipos para finalmente deixarmos a peça da maneira perfeita.



Com o protótipo aprovado em todos os seus mínimos detalhes, começa a fase que chamo de: ansiedade da Talita. Todos que trabalham conosco sabem o quanto eu fico ansiosa! Pior que não é nem uma questão de acharem ruim, é por ser de certa forma engraçado mesmo. Eu realmente não vejo a hora de ver aquela peça que depois de tanto estudo, tantos desenhos, tantas idas e vindas no ateliê, ficar pronta. É como se fosse um sonho se tornando realidade, sabe?


Mas, melhor do que vê-la pronta é acompanhar todo o processo dela, processo esse que me fez escrever esse texto. Ver o metal sendo derretido para misturar a liga, virando chapa, tomando forma, sendo soldado, sendo lixado, vendo suas pequenas partes se juntando e se transformando em um todo, é realmente muito impressionante. É, de fato, uma arte. Nós admiramos muito esse trabalho artesanal tão minucioso dos ourives que trabalham conosco. Quando esse processo vai chegando ao fim, quando a peça vai para polidora e toma seu banho de ródio, uma parte de mim até fica com saudades antecipadas.

Porém, tem aquela outra parte de mim que está radiante e muito feliz com o resultado. E quando a peça é finalizada, começa uma nova etapa: de pensar nas fotos. Mas esse é um outro assunto que conto em uma próxima vez!


E vocês, gostam de acompanhar processos?



Talita


#weethings

contato

envie uma mensagem

assine nossa newsletter:

WEE JOIAS   Vinicius Nogueira Fais 41931097801   CNPJ 31.185.990/0001-03   Avenida Barão de Monte Mor, 341 São Paulo, SP, Brasil   CEP 05687-010

entregamos para todo o brasil - postagem em até 3 dias úteis (peças pronta entrega) e até 30 dias úteis (peças sob encomenda)

para mais informações entre em contato pelo e-mail contato@weejoias.com

  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone Pinterest
  • Black Facebook Icon